[user_role_editor except_roles=”aprovacao, bloqueado, none”]

Azul (AZUL4): Resultados do 4T18 Reforçam Nossa Visão Positiva

A Azul divulgou há pouco os resultados do 4T18, levemente acima das nossas expectativas. A empresa também divulgou suas projeções para 2019, com (i) um aumento estimado na oferta (ASK) consolidada de 18% a 20% A/A, sendo que o mercado doméstico contribuiria com um crescimento anual de 16% a 18%, e um aumento de 3 a 5 p.p. na margem EBIT na comparação anual, o que pode superar nossas expectativas atuais.

Apesar do preço de combustível ainda pressionado no 4T18, (custo por litro aumentou 37% A/A no trimestre), o crescimento acima do esperado em outras receitas (atingindo R$ 140 milhões, +16% A/A), que incluem operações de carga e o programa de fidelidade TudoAzul, levou a uma margem operacional acima da nossa. O TudoAzul registrou um aumento de 29% no faturamento em 2018, e as receitas da Azul Cargo Express cresceram ~57% A/A em 2018. A margem operacional no trimestre atingiu 11,4%. A redução de 8% A/A do custo unitário excluindo combustível superou nossa estimativa. Por fim, o lucro líquido ficou um pouco abaixo do nosso número, impactado negativamente por despesas financeiras maiores.

No geral, foi um trimestre sem grandes surpresas: negativamente impactado por custos mais altos de combustível (conforme já esperado), mas com sinais positivos no campo operacional. Mantemos nossa visão positiva para os papéis, embasada por (i) tendências construtivas na esfera macroeconômica, (ii) racionalidade do mercado, reforçada pelos dados recentes das companhias, e (iii) múltiplos atrativos em nossa visão. Além disso, não incorporamos os impactos da aprovação final da JV com os Correios e a potencial aquisição da Avianca, que representam potencial upside em relação às nossas estimativas atuais.

Segue abaixo um resumo dos resultados do 4T18 e mais detalhes sobre as projeções para 2019

Importante ressaltar que os números abaixo (margem EBIT) já estão apresentados de acordo com o IFRS 16. O potencial incremento de margem operacional em 2019 vs. 2018 pode superar nossas expectativas.

Fonte: https://xpilink.xpi.com.br/ev/PFG80/CCI/2918/DzHfTAZbS8u/BKVU/

 

[/user_role_editor] [user_role_editor roles=”none”] Você Não Está Logado

[/user_role_editor] [user_role_editor roles=”aprovacao, bloqueado”] Liberar Acesso

[/user_role_editor]